Sabemos que o processo de menopausa pode ser bastante turbulento para as mulheres. Esse momento é bastante delicado e muitas vezes é necessário a reposição de hormônios para que haja um equilíbrio. Em relação ao corpo, a queda na produção hormonal, típica da menopausa e o envelhecimento em si, aceleram a perda de musculatura e o acúmulo de gordura abdominal, fazendo com que essa fase, já tão incerta, seja causadora de mais dificuldades.

Pensando nisso, pesquisadores da universidade de New South Wales, na Austrália, experimentaram o método SIT (Sprint Interval Training, ou Treinamento de tiros intervalados na tradução livre) em 20 mulheres por oito semanas.  E segundo o responsável pelo método, elas conseguiram ganhar massa magra e perder gordura. Apesar de ser cedo para eleger a prática como ideal para o período de menopausa, já é o começo de um caminho!

Conheça o SIT!

Para começar, você precisa entender que o SIT é uma variação do HIIT (Treino Intervalado de Alta Intensidade), um treino que utiliza de estímulos intensos com intervalos (passivos ou ativos).

O Hiit se divide em 4 segmentos, sendo o SIT uma delas.

Como o próprio nome já diz, o Sprint Interval Training se refere aos estímulos que o aluno se vale para atingir o seu potencial máximo, durante um curto intervalo de tempo. O grande diferencial dele para as outras segmentações, é que o seu descanso é maior (geralmente de 2 a 4 minutos).

E se engana quem acha que o SIT é o mais fácil de ser feito. Apesar do longo tempo de descanso, quando um Sprint de 20 a 30 segundos é feito de maneira correta, 4 minutos parecerão pouco.

Observe a rotina

Esforço máximo: após um aquecimento, dê tiros bem rápidos de corrida ou bicicleta por exemplo, por aproximadamente 20 a 30 segundos.

Recupere o fôlego: diferentemente de outros treinos intervalados, este dá mais tempo para o descanso. Baixe o ritmo por 2 a 4 minutos.

E lá vamos nós de novo! Repita o processo. A quantidade de repetições varia para cada um.

 

Esperamos que esta dica tenha sido útil para você! E lembre-se, o mais importante para manter a boa forma física é sair do sedentarismo e nessa transição é necessária uma consulta ao seu médico.

Fonte: Saúde Abril & IESPE