Conhecido por ser um exercício para aumentar a flexibilidade do corpo e relaxar os músculos, o Alongamento é uma atividade muito comum de se realizar antes de outras atividades de maior carga ou intensidade sendo uma das mais importantes categorias de exercícios físicos que podem ser prescritos para manter e restaurar o equilíbrio normal dos músculos, tendões e ligamentos.

Nossos músculos são um dos tecidos mais maleáveis do organismo, devido a sua capacidade de se regenerar e se recompor de uma lesão ao nos alongarmos estimulamos sua plasticidade que fica metabolicamente ativo.

A atividade está ligada também a benefícios na área da saúde mental com o aumento do bem-estar emocional que induz o praticante a atitudes mais saudáveis e por consequência, deixando-o menos passível a dores físicas. Os benefícios não têm idade ou gênero, sendo notados em todas as faixas etárias e por isso a pratica do mesmo pode ser até mesmo relaxante e/ou prazerosa.

Todas essas informações são apresentadas no estudo divulgado na revista Corpus et Scientia, a qual analisou um quadro de participantes que perceberam além dos benefícios descritos uma melhora também dos aspectos de coordenação motora, equilíbrio, flexibilidade e autoestima.

Um ponto importante é a desmitificação de que o alongamento precisa ser feito somente no início de uma atividade física. Por ser uma prática simples e segura, podemos faze-lo em qualquer hora ou lugar, inclusive depois de outra atividade física por exemplo, pois ele melhora a elasticidade do corpo possibilitando movimentos mais amplos, além de reduzir o risco de lesões.  Alongar-se com frequência melhora a circulação do sangue e fortalece ligamentos e tendões.

Você sabe o que é alongamento natural e alongamento sistematizado?

O alongamento natural nada mais é do que o ato de se espreguiçar, esticar o corpo de maneira inerente. Já o alongamento sistematizado é o exercício do alongamento. Lembrando que para ser considerado alongamento é preciso se manter na posição por no mínimo 30 segundos.

E a diferença entre Alongamento e Flexionamento?

Quando fazemos um alongamento podemos chegar ao que se chama de limiar de dor que é o ponto onde ao realizar o exercício surge um ardor, uma sensação desagradável que pode o induzir a parar o exercício ou o impedir de continuar. Esse incomodo é que determinar as intensidades do alongamento.

Respeitando o limiar, estamos nos alongando, mas ao ultrapassamos esse limite ocorre o que chamamos de flexionamento, que tem por proposito ampliar significativamente a flexibilidade do músculo e é indicado para quem tem uma rotina atlética de treino especifico, como um jogador de basquete.

Com base nessas informações, chegamos à conclusão de que o alongamento é uma atividade necessária e benéfica para todos, já que seu nível de letalidade é baixo e não havendo contraindicações é indicado até para quem não realiza atividades físicas regularmente.