Todo mundo parece já saber dos benefícios da atividade física. Tanto esteticamente, quando no âmbito da saúde. No entanto, na matéria de hoje você poderá se surpreender ou mesmo sentir-se aliviado ao conhecer as descobertas realizadas mundo a fora sobre os benefícios da atividade física para a mente.

São diversos estudos, nacionais e internacionais, que comprovam uma melhora considerável na saúde cerebral, chegando a beneficiar a memória ao ponto de prevenir ou atenuar o Alzheimer até em pessoas com alto risco.

Segundo uma pesquisa divulgada pelo Journal of Alzheimer Disease, quanto menor for a quantidade de exercícios que a pessoa realiza, mais rápida é a deterioração de fibras nervosas vitais no cérebro. O estudo foi realizado com idosos que possuíam alto risco para desenvolver Alzheimer ou que já apresentavam sinais precoces de perda de memória. Nessa pesquisa foi medida o nível de aptidão cardiorrespiratória dos participantes, tendo como resultado a seguinte resolução: quanto menor fosse sua aptidão mais fraca seria a substância branca do cérebro – tecido composto por milhões de feixes de fibras nervosas usadas na comunicação entre os neurônios e principal afetado pela doença.

Um outro estudo apresentado no periódico Neurobiology of Learning and Memory  mostrou que correr ajuda a proteger a memória dos impactos negativos que o estresse crônico provoca no hipocampo – estrutura localizada nos lobos temporais do cérebro humano, considerada a principal sede da memória.

Já em dados nacionais, a Universidade Federal de Goiás e o Centro Universitário UniEvangélica concluíram que a pratica de atividades físicas “dá um gás” para a memória e outras funções cerebrais. A pesquisa contou com a participação de 63 goianos com mais de 50 anos os quais foram divididos em dois grupos: praticantes e não praticantes (de atividades físicas).  Os voluntários responderam a um questionário onde se levantaram dados como frequência de lapsos verbais e esquecimento, e quando comparados, as falhas foram constantes em grupos sedentários.

A atividade física pode trazer diversos benefícios, como: a comunicação entre os neurônios e o fluxo sanguíneo; a elevação dos neurotransmissores responsáveis por levar instruções de uma célula nervosa a outra, podendo corrigir distorções e melhorar o desempenho de funções cerebrais, ajudando a controlar e reverter estados de estresse, ansiedade e depressão – o mal do século; A atividade física também aumenta a liberação de uma proteína produzida pelas células nervosas que permite que os neurônios recebam a nutrição adequada para que possam se regenerar, crescer e/ou se desenvolver; Finalmente, temos a estimulação de novos vasos sanguíneos, e é claro, a consolidação de memórias.

Diante dos fatores apresentados, temos a convicção que o melhor caminho para sua saúde e bem-estar é a pratica de atividades físicas, sendo qual for a sua preferência. Pratique um exercício e perceba gradativamente seu corpo respondendo de maneira positiva a esses estímulos.